Mediação de conflitos na gestão empresarial

Mediação de conflitos na gestão empresarial

São muitos os problemas que podem surgir no ambiente de trabalho e têm a possibilidade de chegar até a Justiça. Dentro do contexto corporativo, toda a dor de cabeça causada por um processo judicial vem acompanhada com desperdício de tempo e perda de dinheiro. Mas você sabia que a mediação de conflitos e a conciliação podem trazer resultados satisfatórios para ambas as partes e evitar muitos prejuízos? Descubra como isso é possível nesse conteúdo da Cala – Câmara de Mediação Latino-Americana.

Brigas entre sócios e empresas, problemas com contratos feitos com terceirizadas e recuperação extrajudicial são apenas alguns exemplos de ocorrências que são comuns no ambiente corporativo e acabam chegando até o Judiciário. E quando isso acontece as partes já sabem que o processo será longo e custoso. A Justiça brasileira é reconhecida por sua morosidade. Há processos que podem durar um, cinco, dez e até 20 anos. Portanto, a melhor alternativa é evitar chegar aos tribunais. E é aí que se destacam a mediação de conflitos e a conciliação, dois meios extrajudiciais de solução de conflitos.

Primeiramente, vamos falar o que é a mediação de conflitos. Ela consiste em uma técnica de resolução de conflitos em que uma pessoa imparcial e capacitada funciona como um mediador para facilitar a comunicação entre as partes envolvidas a fim de encontrar uma solução satisfatória para ambas. Vale destacar que o mediador não é quem dará a decisão final, esse papel cabe às partes envolvidas. Já a conciliação é uma outra técnica alternativa de resolução de conflitos em que entra a figura do conciliador. Aqui ele pode adotar uma posição mais ativa. Cabe sublinhar que o mediador de conflitos e o conciliador atuam com total confidencialidade, independência, autonomia e respeito à legislação vigente. A natureza jurídica dessas duas técnicas estão definidas no Novo Código de Processo Civil.

Tanto a mediação de conflitos como a conciliação trazem resultados satisfatórios a ambas as partes porque toda a negociação é facilitada por uma terceira pessoa que é imparcial. Dessa forma, é mais rápido encontrar uma solução eficiente para a maioria dos conflitos empresariais. Confira algumas das principais vantagens proporcionadas por esses meios extrajudiciais de solução de conflitos:

  • Não obrigação de um advogado pela legislação vigente (embora a CALA recomende a sua presença);
  • As partes tendem a cumprir o que foi combinado com mais facilidade;
  • São reduzidos os custos financeiros e o desgaste emocional decorrentes do processo;
  • Mais agilidade e desburocratização na resolução dos conflitos;
  • Entre outros.


Está com algum problema dentro da sua empresa e quer evitar ações judiciais? Fale com a Cala – Câmara de Mediação Latino-Americana! Somos uma Câmara Privada de Mediação Vinculada ao TJSP e Câmara de Arbitragem Privada com 20 anos de mercado que oferece soluções de vanguarda para as questões relativas a direitos patrimoniais disponíveis. Todo o nosso corpo de mediadores é composto por advogados especializados que garantem todo o sigilo, celeridade e menor custo da operação como um todo para o seu negócio na hora de resolver conflitos. Entre em contato e agende uma visita para maiores esclarecimentos.

Deixe um comentário